h1

Na Hora Certa

novembro, 26 - 2008

Às vezes me surpreendo com a labilidade dessa coisa que chamamos de sorte.

Hoje foi um dia que acordei de pé esquerdo. Não simplesmente por coisas que só as mulheres entendem, como cólica e “bad hair day”, mas também com um certo pessimismo pelo momento. Parei pra pensar em todas as minhas preocupações: que estou arriscada a não defender meu mestrado por causa de um aparelho com problemas aparentemente sem solução, que estou de braços cruzados (e muito impaciente) enquanto não consigo transferir meu trabalho de laboratório, lamentando o fato de que minhas economias foram pro ralo com a crise mundial, sem cogitar que desde abril não consigo produzir sequer uma linha de ficção e que meus projetos literários e pessoais estão atravancados por causa desse mestrado que não decola.

Pitangas, várias pitangas pra chorar… Embora as coisas verdadeiramente importantes estejam indo muito bem – saúde, família, amigos, etc. – nós nunca pensamos nelas quando temos algumas moscas rondando nossa cabeça.

Então resolvi arrumar algo novo pra me injetar um pouco de ânimo. Saí, fui dar uma volta pra espairecer. Quando volto, recebo a notícia da minha amiga Gi dizendo que conseguiu resolver o problema do aparelho que ficou me transtornando o ano inteiro e finalmente eu vejo que meu mestrado está salvo (te devo todas, mulher!!)! E me chega pelo correio a edição da revista Scarium com meu conto publicado e comentários fofos dos avaliadores (obrigada, Marco, Martha, Giulia e Octa, fiquei com cisco nos olhos de gratidão). E pra terminar, meu velho chega em casa dizendo que aos 60 anos finalmente resolveu correr atrás do sonho de fazer uma faculdade de direito e vai se matricular! Por nenhuma dessas eu esperava.

Realmente, acho que foi um ótimo dia 😉

Anúncios

3 comentários

  1. É isso aí menina, a vida pode dar voltas inesperadas (para melhor)! 🙂
    Parece que a Scarium está disponibilizada via web gratuitamente, então vou lá dar uma olhada. Meus parabéns!
    =*


  2. Dã… onde se lê volta, era para ser reviravolta. rs


  3. Magnífico conto. Parabéns.
    Já estou pensando em comprar a revista. E quem sabe depois o livro também (e a lista aumenta).



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: