h1

Outras visões da eternidade

abril, 16 - 2009

Mais uma resenha sai do forno quentinha. Esta é do Alex de Souza para o site de notícias nominuto.com 

Fábulas do Tempo e da Eternidade

fabulas

Gênero de sucesso comercial nas livrarias, alavancado na última década pelo fenômeno Harry Potter, pela versão cinematográfica da trilogia O Senhor dos Anéis e semelhantes, a fantasia pena para ter reconhecimento no mercado nacional.

Entre os autores brazucas de sucesso, nomes como André Vianco e Orlando Paes Filho conseguem destaque nas vendas, apesar das limitações estilísticas. Por isso, é de se louvar quando um bom livro – que também se arrisca pelo pantanoso terreno da ficção científica (outro patinho feio) – é lançado em nossas terras.

Este livro é Fábulas do Tempo e da Eternidade (Tarja Editorial, 176 páginas, R$ 25) da estreante Cristina Lasaitis. Com apenas 26 anos, a escritora mostra desenvoltura e domínio da técnica do conto nas 12 histórias que compõem o volume.

Em comum, as narrativas se debruçam sobre o mais cruel dos deuses: o tempo e suas implicações. Está lá por todo lado: em histórias futurísticas, em universos alternativos, em cenários medievais, a difícil relação do homem (ou de qualquer coisa parecida com isso) com a passagem dos dias está no âmago das histórias.

Apesar de brincar com teorias e conceitos científicos de difícil compreensão até para um leitor mais preparado, as histórias de ficção científica de Lasaitis escapam da armadilha do hermetismo, preferindo descrições prosaicas de situações complexas, principalmente nos contos que envolvem a teoria do Não-Tempo – uma brincadeira da autora com a relatividade einsteiniana que nos brinda com uma personagem instigante: a professora Cláudia Mansilha.

A física brasileira que muda a história da ciência é a protagonista de ‘Assassinando o Tempo’, texto incluído na coletânea FC do B – Ficção Científica Brasileira – Panorama 2006/2007, concurso literário no qual também tive um conto selecionado. A teoria do Não-Tempo rende ainda uma história cheia de lirismo e sentimento, Os Parênteses da Eternidade, em que um casal troca correspondências através dos séculos.

Ainda na seara da FC, a escritora faz um tour de force imaginativo em Viagem Além do Absoluto, uma instigante especulação científica de como as duas últimas consciências do universo observariam o fim dos tempos, num futuro para lá de longínquo.

Nesta história, Lasaitis mostra que tem imaginação de sobra, além de um bom embasamento teórico para evitar absurdos científicos. Há também ecos das Cosmicômicas, de Calvino – mas sem a comédia.

É nas histórias fantásticas, ou seja, em que o estranho se manifesta não pela ciência, mas pelo sobrenatural ou o inexplicável, que Cristina Lasaitis se supera – e foge aos lugares comuns do gênero.

Mesmo na história mais capa-e-espada do livro, Caçadores de Anjos, há ali uma visão feminina da história típica de escritoras como Zimmer Bradley e Ursula K. Le Guin, que foge ao clichê machista que infesta esse tipo de narrativa.

Outro ponto positivo do livro está no uso da América espanhola como cenário. É tentador imaginar que o instigante As Asas do Inca, em que um imperador tenta antever o futuro de seu povo, guarde relações espaciais com Nascidos nas Profundezas e Irmãos Siameses. Ainda que não esteja implícito, fica-se com a impressão que ambas se passam no mesmo local geográfico, e as fronteiras entre história e imaginação se dissolvem ante os olhos do leitor.

Por fim, Lasaitis mostra-se antenada com o que há de mais instigante na produção contemporânea da ficção científica, com o conto Meia-Noite. Como bem explica o escritor paulista Fábio Fernandes, na introdução, a história “pós-cyber” traz ecos de William Gibson e Cory Doctorow.

Ampliando seu leque de opções temáticas, a escritora mostra que está muito além da chamada ‘sorte de principiante’ com este primeiro lançamento.

Anúncios

One comment

  1. Resenha superobjetiva e bem escrita. Só que o autor te envelheceu em 1 aninho. 🙂



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: