h1

To tweet or not to tweet

junho, 11 - 2009

Existem 2 tipos de pessoas: aquelas que não usam twitter e aquelas que sabem que você comeu picles com batata frita no café-da-manhã, que está saudades do seu hamster e acabou de comprar uma cueca do Bob Esponja na promoção.

                                     Tao Chen Xing – sábio chinês

 

I choose:

twitter-bird [   ] To tweet       

noto[X] Not to tweet

O passarinho até que é bonitinho, mas eu realmente não sinto o menor interesse em saber que parte as pessoas estão coçando neste exato momento.

Será que sou normal?

Anúncios

23 comentários

  1. Anormal, visto que vc pode twitar e não precisa ler o twit de mais ninguém. Deixa seus fãs se divertirem.


    • Mas eu provavelmente esqueceria do twitter tanto quanto esqueço minha agenda em casa.


  2. Oi Cristina, li alguns dos contos on-line. Hibakusha é de uma crueldade… quando se espera uma redenção para aquela desgraçada família. Mas estou elogiando, gosto muito de narrativas que judiam dos protagonistas,acabam mesmo com eles. Já Sexless Hallen é uma crítica e tanto à cultura das celebridades,hein?Tem observações e imagens brilhantes,mas certa repetições, principalmente ao descrever a/o misterioso/a modelo. Até mais, beijo


    • Oi Caio, tudo bem?

      Que bom que curtiu! O Hibakusha não é 100% cruel, o título tem a palavra-chave.
      E Sexless Hallen foi pra mim uma diversão do começo ao fim. Bem que gostaria de escrever (futuramente, quem sabe?) algo mais ambicioso misturando três coisas tão improváveis como ficção científica, moda e mundo das celebridades?

      Beijos!


  3. Oi, Cristina!

    O twitter, como a internet, é carente de bons conteúdos.
    Você só o deixaria com mais conteúdo bom, com suas idéias e opiniões, mas respeito sua decisão.

    Ainda bem que sempre podemos ler seu blog.

    Beijos mil!!!


  4. Defina normalidade e anormalidade. É meio subjetivo esse conceito nesse mundo relativo rs.
    É, 90% do Twitter é meio inútil, mas sempre tem pessoas lá que postam links interessantes do que viram por aí na net. “modo exibicionista on” E claro, eu sou uma pessoa interessante que posta links legais “modo exibicionista off” =P
    De vez em quando eu o uso e acho útil, seguindo as pessoas certas. Tipo, o pessoal da NASA posta imagens astronômicas, a Sciam posta matérias recentes e por aí vai.
    Acho blogs mais legais, dá para agregar mais palavras interessantes num espaço por bit quadrado e num nano-momento pensado que soltar palavras randomicamente ao vento dos passarinhos azuis fofinhos. É o caso do seu blog, você escreve coisas bacanas =D
    Se bem que ontem teve um tweet meu reclamando dos gatos andando em cima de minha luneta desmontada para limpar as lentes e que era um exercício budista com probabilidade de até o Dalai Lama perder a paciência rs.
    Bjos!


    • Tudo bem, tudo bem, você sabe que uma das minhas grandes fontes de orgulho próprio é o meu coeficiente de anormalidade interna.

      Mas vejo outro problema: minha entropia mental nos últimos tempos é tão grande que arrumar mais uma fonte de distração seria desastroso.

      Hehehe, agora você me deu imagens interessantes com o Dalai Lama (pára, imaginação, pára!!)

      Beijos


  5. Sim, você é.

    Não tem nada de errado em não seguir a moda passageira da vez. Seja ela passageira ou não.

    Se não há razão além de “todo mundo está fazendo” para que você faça algo, então o melhor que se espera é que não faça mesmo.

    A vida tem espaço para genuínas anormalidades individuais, ir contra a maré dificilmente é anormal.


    • Oi Geraldo,

      Eu sou bem o tipo de pessoa que gosta de nadar contra a corrente e fazer as coisas mais improváveis, nos momentos improváveis. Torna a vida mais interessante.

      Senão fica tudo tão monocromático. Ou no caso do twitter, tão azul…


      • Já ouvi falar que mulheres são sempre imprevisíveis.

        Eu sou o tipo de pessoa que gosta de nadar na direção que dê na telha, não raro contra a corrente ou mesmo em uma direção perpendicular a ela. Mas não excluo a possibilidade de nadar a favor dela. Depende das condições e possibilidades do nado.

        Mas também não sou senhor do improbabilismo e talvez algum bom observador lá fora saiba me prever tão bem quanto a uma tempestade tropical.


  6. Adorei o curta. Genial!!!

    Quanto a ser normal, depende de como você define normalidade. Se normal é o que a maioria está fazendo…

    Acho que no Twitter, como em qualquer outra ferramenta da Internet – inclusive os blogs que tanto amamos – vale o uso do bom senso. Isso significa saber se o que você tem a dizer é tão importante assim que outras pessoas vão querer te acompanhar ou se suas ações e pensamentos não valem alguns segundos de atenção. O cara não precisa ficar com esses papos de mané só porque entrou no Twitter, rs. Seletividade rocks. 😉


  7. E apesar disso eu também desisti do Twitter. 😛


    • Ah há!!
      Então vc me entende 😉

      Nada como ter o que fazer, talentos a exercitar, ideias a desenvolver, né Mila?


      • Pois é. Tem gente procurando formas de passar o tempo. Eu estou procurando formas de fazer meu tempo NÃO passar, rs.


  8. (Giselipédia é uma fonte de bom senso e bom humor.)


  9. Ah. É igual festa na piscina. Tem gente se divertindo pelada lá dentro, mas também lá fora. Um lado não falando mal do outro, dá tudo na mesma. Baci.


    • Pois é, Eric, se dá na mesma, ainda prefiro a piscina. É mais molhadinho.

      Besos


  10. Também não ligo, Christie.
    E sim, somos bem normais, haha.
    Beijos!


  11. Eu tenho e não Twitter. 🙂 Na verdade, o meu site é que tem Twitter :D. Não gosto muito de dizer o que estou fazendo. Só uso o micro-blog para divulgar o conteúdo do meu site. Eu não acho que alguém deixa de ser normal por não dar bola à uma moda passageira.


  12. Oh, Lord. Thank you. Já achava que eu estava bancando o chato com isso.


    • Haha, me sinto melhor agora!!!


  13. Não se preocupe com normalidade, você é inteligente,isso sim,por desprezar esse passarinho idiota…



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: