h1

Achismo jornalístico

julho, 3 - 2009

Com a morte do tiozinho-que-anda-pra-trás na semana passada, aconteceu o milagre d’eu assistir a mais noticiários de TV do que não costuma acontecer em um ano inteiro (leia-se: muito pouco).

Me pareceu incrível o número de horas que os programas conseguem segurar a audiência com um mínimo de informação relevante, aproveitando somente o impacto da notícia.

Pensando numa equação de “informação/tempo gasto”, o custo-benefício é ínfimo. E a gente assiste mesmo assim! Como pode???

Lembro de estar acompanhando o jornal do SBT no dia que Mr. Jackson morreu, no momento em que foi ao ar uma super-reportagem exclusiva ao vivo da correspondente em Los Angeles em frente ao casarão do rei-do-pop:

O âncora diz:

– E quais são as últimas notícias?

– Estamos em frente à casa do astro, os fãs começam a chegar, e blá blá blá blá (= nenhuma novidade).

– E quais são os próximos passos?

– Ainda nenhuma informação do que será feito, blá blá blá (= nenhuma novidade)

– E já há uma data para o funeral?

– Não, ainda não há nenhuma informação sobre a data, blá blá blá blá (= nenhuma novidade)

– Fulana, o que você ACHA que vai acontecer a partir de agora? (hein, ouvi direito??)

– É, eu acho que… (ELA ACHA????!!)

Aí eu pensei bem e achei que era hora de desligar a TV.

a-morte-de-nao-se-sabe-quem

E finalmente lembro porque odeio assistir televisão.

Anúncios

11 comentários

  1. Pois é… e você viu como ficaram as coisas na internet? Quase que a internet cai…
    E fazendo coro à Mila, TERMINA A TESE! =P


  2. Eu quase só ligo a TV para ver jornal e, mesmo assim, a gente tem que escolher muito bem pra não cair em horas de sensacionalismo barato. Ou seja: ver só uns 10 minutinhos e logo mudar de canal, antes que a “not”icia” se prolongue.

    Por incrível que pareça, eu soube do filme “Ágora” num telejornal pós-meia-noite qualquer. 😉

    Adorei a tirinha, é sua?!


    • Você? Vendo tevê?!

      Não, a tirinha não é minha não. Foi pirateada.


      • Por incrível que pareça, às vezes eu vejo. Mas ultimamente acho o Youtube mais interessante, rs.


  3. Pois é, a dureza desses telejornais é que eles, em 1% do tempo (uma faixa de 1 ano) soltam umas informações interessantes, os 99% restantes são lixo =/
    De qualquer modo, tem a internet… se bem que o volume de inutilidades é maior ainda e fica mais difícil de achar a informação que interessa.
    Mila, essa tira é de um blog, também vi no Google Reader, só não lembro onde.


  4. Fazendo eco a pergunta da Mila, a tirinha é sua ?
    O senso de humor é todo seu… 🙂


  5. Idem.


  6. Já reparou que isso inclui um tipo de auto-SPAM? Porque logo depois temos uma chamada do tipo “mas, antes, tenho um recado importante…”, que precede uma propaganda de método para emagrecer rápido e sem esforço, além de coisas semelhantes.


  7. Eu nem tenho TV em casa. E quando tinha não ligava ela. Já ouvi dizer que os jornais que prestam na Globo são os da madrugada. Aquele da meia noite e o das 6hs da manhã. Mas honestamente não sei, não assisto.

    Mas a tirinha é ótima. 😀


  8. Imagine uma gargalhada escandalosa… imaginou? Essa foi a minha reação depois de ler seu post! Não ia dar pra colocar “ha ha ha”, “rs” ou “kkkk” que dessem conta.

    Eu ando pulando jornais, mas me sinto meio culpada/meio burra por fazer isso. Então seleciono algumas coisas, busco soluções alternativas. Mas em termos de todos os programas, tudo o que realmente presta, só passa bem tarde.

    Ainda assim, às vezes, caio na armadilha. Acho que não existe mais nada para ser dito sobre Michael Jackson, mesmo sabendo que arranjarão coisas para, pelo menos, mais duas semanas. Liguei a TV e lá estavam as cenas do funeral. Assiti um pouco, corri com o controle remoto e voltei pras cenas do funeral, sei lá por que. Quando percebi o que havia feito, fui comer…

    Cris, uma biblioteca me pediu indicação de livros de literatura fantástica, com a ressalva de que sejam títulos que o povo queira realmente ler. Na minha lista figuram você, Draccon, Lehane, LeGuin, mas estou aqui pedindo sua orientação. Pode carregar nos nomes. Se estiver tudo bem, me manda por e-mail. Beijos e te vejo em breve.



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: