h1

Microconto

abril, 5 - 2010

Era uma vez uma formiga que caiu no açucareiro e morreu feliz.

Anúncios

6 comentários

  1. “Era uma vez duas pulguinhas que economizaram a vida inteira e compraram um cachorro só pra elas”.

    Uma historinha edificante do Mário Quintana, doce feito a tua :*


  2. Hahaha, ótima!


  3. Isso me lembra do conto do Hemingway, trágico, mas ótimo:

    For sale: baby shoes, never worn.


  4. Você esqueceu do “feliz para sempre”… Ops! Esqueci. Formigas não têm alma, não vão para o Céu… e, portanto, não são “felizes para sempre” depois de mortas. [Eu acho…]


  5. […] This post was mentioned on Twitter by Lucas Pestana. Lucas Pestana said: @crislasaitis » Microconto: Era uma vez uma formiga que caiu no açucareiro e morreu feliz. » http://bit.ly/b3Foys […]


  6. Que fofo. Com exoesqueleto, mas fofo.



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: