h1

7 coisas que aprendi como escritora

outubro, 14 - 2012

Replico ao meme criado pelo Bruno Cobbi, escritor e atual aprendiz de baiano, que no blogue da Terracota postou 7 coisas que ele aprendeu como escritor e passou para mim a bola… ou a batata quente, o que também é divertido.

Eu fiz um belo post sobre o assunto, que acabei de perder inteirinho em uma manobra camicaze do WordPress. Estou muito frustrada para reescrevê-lo, então vai só o resumo:

7 coisas que aprendi como escritora:

1- Minha literatura não vai revolucionar o mundo.

2- Quanto mais leio, melhor escrevo. E menos também.

3- Há períodos de branco na criatividade.

4- Estudar nunca é demais.

5- Nunca é precipitado ir logo ao que interessa (não enrole o leitor).

6- Já há muito ruído de fundo no mundo, então escrevo quando tenho algo importante a dizer.

7- Ser escritora é muito legal, mas não me faz especial.

10 comentários

  1. […] Cristina Lasaitis, a mais linda, loura, aclamada e promissora da nossa sci-fi; (que foi a primeiríssima a responder) […]


  2. 1- nem a minha
    2- Verdade!
    3- Com certeza
    4- É, o vestibular está próximo (rs). Mas, pesquisadora que é, não só ler, como estudar, faz parte do seu repertório.
    5- Você não conseguiria escrever roteiros das novelas da Globo.
    6- isso é legal. Gostei.
    7- Tem bons escritores que pessoalmente são insuportáveis. Você é especial por outros motivos.


  3. Às vezes, menos realmente é mais. Talvez tenha sido para o bem que você perdeu o original: o resumo está perfeito!


  4. Gostei. E os itens 4, 5 e 6 são tão verdadeiros quanto matadores. Parabéns mais uma vez, Cris. Beijos e sucesso sempre.


  5. Sobre o primeiro item, é aquele papo, não dá pra revolucionar o mundo, mas dá pra revolucionar a vida de alguém (:


  6. […] essa ideia de lista nesse post aqui, no blog da Cristina Lasaitis, e resolvi fazer […]


  7. Para o item 4, imagino que estudar o suficiente é bom, nada melhor que não desgastar a mente e o corpo, afinal o equilíbrio é o passo certo a seguir , o melhor Sábio nos registrou o seguinte ensinamento:
    “As palavras dos sábios são como aguilhões, a coleção dos seus ditos como pregos bem fixados, provenientes do único Pastor. Cuidado, meu filho; nada acrescente a eles. Não há limite para a produção de livros, e estudar demais deixa exausto o corpo.”(Eclesiastes 12:1, 11, 12 NVI)


  8. Escrever se aprende com a pŕatica da leitura e da escrita diária. Com o tempo, a escrita não precisa ser diarista; mas a leitura sim.


  9. […] post, a reprodução da contribuição breve e certeira de Cristina Lasaitis, escritora publicada, revisora e pesquisadora […]


  10. […] post, a reprodução da contribuição breve e certeira de Cristina Lasaitis, escritora publicada, revisora e pesquisadora […]



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: